fbpx

Julie Duarte

Seu blog de maquiagem, beleza e muito mais!

25 coisas que eu aprendi antes dos 25 anos

Domingo (16) é meu aniversário. Daqui a algumas horas, vou completar 25 anos e passar meses errando minha nova idade. Não sei se estou ansiosa para ter uma velinha a mais no bolo. Mas, enquanto esse momento não chega, nada melhor do que olhar para o ano que passou e lembrar de tudo que aprendi. Aliás… Que ano, hein?

Como sempre faço, mas nem sempre divulgo no blog, criei uma lista de coisas que aprendi antes de completar a próxima idade. É um hábito muito importante para você refletir sobre o que aconteceu nos últimos 12 meses. Além de rever o que mudou (lá fora ou aí dentro), é um exercício bem eficaz para mostrar que, mesmo nos momentos mais simples, a gente tá sempre aprendendo algo novo. Ainda bem.

1- Juntar dinheiro não é um monstro de sete cabeças. Na verdade, é mais fácil do que eu jamais poderia imaginar.

2- Viajar é a experiência mais libertadora e enriquecedora que existe.

3- Mas nada como voltar para casa.

4- Não é só amor que faz um relacionamento dar certo.

5- Não ter amigos é uma merda, mas ainda é melhor do que estar rodeada de pessoas tóxicas.

6- Ter torneira quente em todas as pias de casa faz uma puta diferença. Sério.

7- Nem todo mundo é o que diz ser. Nem na internet, nem na vida real. A verdade é que as pessoas só mostram a parcela que elas querem mostrar.

8- Não sou tão ruim em inglês quanto pensava. Acho que, em um geral, não sou tão ruim nas coisas quanto eu pensava.

9- Nada vale minha saúde mental, nem mesmo dinheiro.

10- Fazer amizades é difícil demais. Manter, então…

11- Ser tia é incrível e receber amor de uma criança é uma das formas mais eficazes de melhorar o dia.

12- O pior do frio é o vento gelado.

13- Organização é a engrenagem para tudo funcionar.

14- Planejar uma viagem é uma tarefa que exige muita paciência. Muita mesmo.

15- O metrô de New York cheira a xixi e a Estátua da Liberdade é menor do que eu imaginava, o que me fez pensar quais serão as minhas “expectativas x realidades” em outras cidades famosas.

16- Conhecer novas culturas é sensacional, principalmente para fazer questionar a sua própria.

17- Às vezes, ter um momento a sós comigo mesma é mais que necessário.

18- Se eu não curto o que estou fazendo, nunca vou me envolver 100%. E as pessoas percebem.

19- Cuidar da pele é um hábito essencial e que eu deveria ter começado mais cedo.

20- Nada como o tempo para curar as feridas – e não adianta apressar as coisas.

21- Dar uma pausa na rotina e repensar sobre a vida é preciso. Principalmente quando não sei o que quero fazer com a minha vida.

22- Estudar é mais que necessário e eu não lembrava o quanto curtia aprender coisas novas (em sala de aula mesmo).

23- Eu subestimo demais o que eu faço. Deveria ter mais autoconfiança.

24- Cada pessoa tem seu plano de vida e nem sempre os modelos dos outros se encaixam pra mim. E tá tudo certo.

25- O mundo é grande demais e, quando percebi isso, meu olhar sobre a vida mudou. Talvez tenha sido meu maior e melhor aprendizados dos últimos tempos.

Ufa! Foi difícil preencher 25 aprendizados do último ano, principalmente porque aconteceu muita coisa na minha vida nos 12 meses que se passaram! Tenho certeza que esqueci alguns itens, mas tudo bem. A essência está todinha aí 😉

Aproveita para compartilhar aqui comigo: quais foram os seus aprendizados durante os últimos meses? Deixe nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copie a make: Olivia Rodrigo! Makes com foco na boca!