fbpx

Julie Duarte

Seu blog de maquiagem, beleza e muito mais!

Top 5: livros que quero ler

Eu sou uma dessas pessoas que adora a companhia de um bom livro. Quando leio, entro em um mundo diferente e, por alguns momentos, saio um pouquinho da minha realidade para me aventurar em um lugar, tempo e situação diferentes. É como magia, mesmo!
Porém, já faz um tempo que tive que dar uma parada nos livros. Desde o ano passado, com a correria de ensino médio + técnico + espanhol + inglês + preparação para vestibular + blog + vida social (ufa!), ficou difícil arranjar um tempo para ler algo que não fosse relacionado aos estudos. Por conta disso, fiquei atrasada na leitura e, como consequência, com uma wishlist enorme de livros que quero ler. Estou tão por fora que nem aqueles mais conhecidos eu consegui acompanhar. Então, resolvi compartilhar todos eles aqui no blog… Assim vocês me contam quais gostaram, os que não curtiram e, claro, me ajudam a aumentar essa lista. Que tal?
1. Querido John / A última música / Um amor para recordar: Ultimamente, ando gostando de muitas frases do Nicholas Sparks sem nunca ter lido um livro dele. Com exceção do primeiro, eu já assisti aos outros dois filmes e me apaixonei. Impossível não se emocionar com as histórias de Sparks. E se os filmes já são ótimos, os livros devem ser mil vezes melhor. 
Sinopses: 
Querido John: Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.
A última música: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão.
Um amor para recordar: Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.
2. A menina que roubava livros – Markus Zusak: Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, “O Manual do Coveiro”. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar. Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhecê-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena.
3. Just listen – A garota que esconde um segredo – Sarah Dessen: Depois de ter sido pega com o namorado da melhor amiga numa festa, Annabel Green começa o ano letivo sozinha e sendo ignorada pelo resto da escola. Mas o que realmente aconteceu naquela noite ainda é segredo, que ela não se arrisca a contar para ninguém. Os problemas de Annabel são explicitados pela recusa da família em admitir os próprios problemas, a fissura da mãe para que as filhas virem modelos famosas e Whitney, a irmã do meio, que sofre de anorexia. Uma amizade com Owen, o DJ da rádio comunitária, que tenta constantemente ampliar os gostos musicais de Annabel, fará a tímida jovem aprender a falar a verdade, doa em quem doer.
4. Série “Fazendo meu filme” – Paula Pimenta

Sinopse:
Fazendo meu filme 1 – A estreia de Fani: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. “Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.
Fazendo meu filme 2 – Fani na Terra da Rainha: O segundo volume do livro Fazendo meu filme apresenta as aventuras de Estefânia Castelino Belluz na terra da rainha. Sim, na Inglaterra! Longe do grande amor, ela passa por momentos de alegria, dor, saudade, tristeza e, mais do que isso, pode conhecer melhor a si mesma. Sem deixar de lado suas amigas inseparáveis e sua família, ela consegue, no outro continente, viver momentos cheios de suspense, revelações, aventuras, descobertas e emoções fortíssimas! Feliz, triste, preocupada, ansiosa, temerosa, otimista, insegura, cheia de si, apaixonada, desiludida, seja como estiver, Fani mostra a cada página deste livro que não é mais aquela menina tão frágil que muitas vezes se escondia por trás de sua timidez.
Fazendo meu filme 3 – O roteiro inesperado de Fani: Fani, agora com dezoito anos, volta da terra da rainha mais segura, mais madura, e logo se dá conta de que já não é mais a mesma menina que viajou para a Inglaterra, cheia de anseios e temores. Agora, as expectativas estão voltadas para o vestibular e o tão sonhado namoro com Leo. Mas, como em um bom filme, sua vida é cheia de surpresas, alegrias, decepções e conflitos. Estefânia Castelino Belluz terá de fazer escolhas difíceis e corajosas. Seja em confusões no namoro, nas dúvidas do vestibular, nas relações com a família ou com as amigas, Fani passa por várias novas experiências e continua a fazer o seu filme, por caminhos às vezes cheios de romance e felicidade, às vezes duros e nebulosos. 
Fazendo meu filme 4 – Fani em busca do final feliz: Depois de uma ríspida separação, Fani e Leo agora têm que seguir caminhos diferentes. Porém, as juras de amor feitas no passado deixaram marcas profundas em seus corações, e, mesmo anos depois, eles ainda sentem as consequências daquele trágico dia. Será preciso mais um encontro, para que eles possam finalmente entender o que houve e libertar um ao outro? Ou será que isso devastaria ainda mais o seu destino? 
5. Por que os homens amam as mulheres poderosas? – Sherry Argov: Com um texto envolvente, Sherry Argov criou um verdadeiro manual que vai fazê-la entender de uma vez por todas por que os homens amam as mulheres poderosas. A partir de centenas de entrevistas, a autora descobriu as principais atitudes que diferenciam as mulheres boazinhas das poderosas e as reuniu neste livro bem-humorado e transformador. Com histórias engraçadas e exemplos práticos, ela ensina tudo o que você precisa saber para deixar qualquer homem aos seus pés.
E vocês? Tem algum livro que querem ler ou querem me indicar? Comenta!

13 comentários em “Top 5: livros que quero ler

  1. Tudo que o Nicolas Sparks escreve é maravilhosooooo, mas prepara a caixinha de lenços, pois de viu os filmes baseados nos livros dele e chorou vai chorar mais ainda lendo os livros!!! sandrinha 🙂

  2. Julie, esses três livros do Nicholas são os meus preferidos, são encantadores e muito emocionantes, vale apena cada linha.
    A menina que roubava livros é meu sonho ler (e tu sabe disso), a história parece ser linda e espero não me arrepender.
    Just listen – A me encantei com a história e com toda certeza, está na minha lista de livros futuros *-* A série, eu não conhecia mas parece legal. E o último já ouvi falarem muito, mas não pude ler ainda.

    Que tu consiga ler todos logo.
    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

  3. os livros do 1, são realmente muito bons e prepare o lencinho, tio Sparks atinge muuuito bem a gente 😀 haha os do número 4 eu estou loouca pra ler o último que lançou por agora e os outros são perfeitos, já leu Minha Vida Fora de Série da Paula Pimenta? mt lindo 😀

    Beijos
    Anne
    meninasantenadas.tk

  4. Desses eu só não li 'Por que os homens amam as mulheres poderosas?' e 'Just Listen'! Os da série Fazendo Meu Filme são perfeitos (mesmo!!), sou fã de Nicholas Sparks também e A Menina que Roubava Livros é um dos meus livros preferidos de todos os tempos! Conhece 'O Dia do Curinga'? Recomendo muito =)

  5. Também estou louco para ler esses livros do Nicholas Sparks, vou aproveitar que minha amiga tem o box e pegar tudo, hihi. Sobre Fazendo Meu Filme, tenho todos, com direito a autografo no ultimo da série e conheci a autora (como se você não soubesse né?) <3

  6. Eu já li o primeiro da série Fazendo meu Filme, A Última Música, Querido John, A Menina que Roubava Livros e amei todos esses, agora fiquei com vontade de ler Just Listen, que parece ser bem legal!

    Beijos
    garotasemasas.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copie a make: Olivia Rodrigo! Makes com foco na boca!