fbpx

Julie Duarte

Seu blog de maquiagem, beleza e muito mais!

Entrelinhas: Do amor que voa livre

Olá, meu garoto!
Vamos nos permitir? É, sou assim mesmo. Vou direto ao assunto sem meios termos. Bem que poderia fazer melhor, mas isso eu não consigo. Poderia chegar à sua frente e dizer tudo o que sinto, de uma vez só, mais não teria tempo suficiente nem ouvido que aguentasse muito menos coração que suportasse. ‘Sinto muito!’ Sinto que estou perdendo a chance de te fazer feliz e de quebra, ser também feliz estando com você.
Eu sei que você não tem obrigação de me amar, afinal de contas ninguém é obrigado a nada… Mas e ai? Será se ‘disse me disse’ eternamente? Lembre-se que o tempo não perdoa. Ele passa e não volta mais. O que era pra ser feito HOJE e não foi. AMANHÃ não terá a mesma graça. E eu cansei de viver nas nuvens e quase nunca transformar em realidade o que tanto sonho… Queria que deixássemos o medo de lado, e fôssemos mais livres para escancararmos o que bem quiséssemos.
Falar de amor. Tão fácil e tão leve. Como se o medo da rejeição não pesasse como uma imensa rocha sobre nossos ombros. Então eu digo que chega. Eu gosto muito de você e não quero que você escorra pelas minhas mãos, sem eu nem ter tentando de segurar realmente. Mas lute por mim. Faça-me ver que eu também sou importante para você assim como você é pra mim. 
Beijos.
Quem escreveu esse texto?
Herlene Santos tem 18 anos e é estudante de Comunicação Social – Jornalismo. É louca por internet, doces, dormir tarde, esmaltes, gatos e bichos fofos em geral. Gosta de muita coisa. E odeia várias outras. Para tentar descobrir mais sobre ela, basta ler seu blog

5 comentários em “Entrelinhas: Do amor que voa livre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copie a make: Olivia Rodrigo! Makes com foco na boca!